Pequenos Produtores de Chapada recebem sêmen bovino

07/02/2012 15:15

O governo do Estado repassou 400 doses de sêmen e dois botijões de nitrogênio para os produtores da principal bacia leiteira do município, a comunidade do Rio da Casca

 

A secretaria Municipal de Agricultura recebe nesta terça-feira (7) na sede da Famato, do governo do Estado, por meio da secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), dois botijões de nitrogênio e 400 doses de sêmen bovino das raças Girolando, Jersey e Holandesa para os pequenos produtores de Chapada dos Guimarães.

De acordo com o responsável pela secretaria Municipal de Agricultura, Jurandi Pereira da Silva Filho, o sêmen será enviado para a comunidade do Rio da Casca, que é a principal bacia leiteira do município, além dos produtores da comunidade dominarem a tecnologia e possuírem o kit de inseminação. A comunidade será responsável pela distribuição não só para eles, mas também para os produtores que vivem em torno do Rio da Casca.

Ao todo o governo fará a distribuição de 75 mil doses de sêmen bovino para os 15 Consórcios Intermunicipais abrangendo os agricultores familiares dos 141 municípios. O Estado distribuirá também para cada cidade dois botijões de nitrogênio de 10 e 20 litros específicos para o armazenamento e transporte do sêmen.

MAIOR PROGRAMA DO GOVERNO DO ESTADO - A entrega do Sêmen faz parte do ‘Pacote da Agricultura Familiar’, voltado aos pequenos produtores. Já começaram a ser distribuídos também um milhão de alevinos, 200 mil de mudas de banana, sementes de mais de 20 variedades de hortaliças, arroz, feijão, milho calcário, adubo e fosfato para alavancar o trabalho realizado pela agricultura familiar em Mato Grosso para que todos possam viver da terra e garantir a qualidade de vida.

Segundo o secretário da Sedraf, José Domingos Fraga Filho, este investimento tem como objetivo incentivar a prática da inseminação artificial nas pequenas propriedades, pelo melhoramento genético do rebanho bovino, tendo em vista que a produção de leite é a principal atividade econômica da maioria das propriedades que vivem da agricultura familiar. “A nossa meta é garantir o aumento da produção e da produtividade, além de melhorar a qualidade do leite”, destaca Zé Domingos.

O gestor da cadeia produtiva da bovinocultura leiteira da Sedraf, Carlos Dorilêo Leite, reforça que o sêmen e os botijões vêm em boa hora. A Embrapa Agrossivilpastoril, em parceria com Sedraf, realiza a capacitação de técnicos que atuam no setor de assistência técnica da cadeia produtiva do leite por meio do ensino continuado através da metodologia de transferência de tecnologia de leite, sanidade animal, por meio de cursos, dias de campo, seminários e palestras, em sala de aula a céu aberto, nas Unidades Tecnológicas Demonstrativas (UTD).

Fonte: Mara Carnevale


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!