Percival defende Pagot e acusa senador Blairo Maggi de omissão

06/07/2011 07:27

O deputado estadual Percival Muniz (PPS) saiu em defesa do diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), Luiz Antonio Pagot, afastado do cargo por conta de suspeitas de envolvimento em supostos esquemas de desvio de recursos de obras federais, e criticou a omissão do senador Blairo Maggi (PR).

O parlamentar fez uso da tribuna na Assembleia Legislativa, no início da noite de hoje (5), para falar do trabalho desenvolvido por Pagot à frente do órgão e aproveitou para tecer duras críticas contra Maggi "pela ausência de posicionamento e defesa do seu ‘afilhado político’".

“Mato Grosso nunca teve tantos recursos para obras, como conseguiu com com o senhor Luiz Antonio Pagot. Todo mundo sabe como funciona a questão do financiamento de campanhas dentro dos partidos e enquanto não for colocado em prática no Brasil o financiamento público de campanha, desvios vão continuar acontecendo. O que eu venho a publico dizer é que nós parlamentares temos que sair em defesa do cidadão Pagot, independente de partido, pois estão cometendo uma das maiores injustiças já feitas com Mato Grosso e com o país”, disse.

Na opinião de Percival, se o PR tem seus problemas com 'mensalão', que o partido seja punido. “Não podemos deixar que se puna um cidadão de conduta elogiada inclusive pelo Tribunal de Contas da União (TCU), bem na hora que Mato Grosso está recebendo recursos de grande vulto como os investimentos para pavimentação da tão sonhada BR 163 (Cuiabá Santarém), que eu cheguei a achar não ia ver concluída, da BR 158, para a BR 242”, relata.

Segundo Percival, o afastamento de Pagot é uma armação. "No momento em que Mato Grosso começa a ver o progresso, armam para derrubar a pessoa que está à frente de todo esse trabalho. Eu venho aqui hoje fazer a defesa deste cidadão porque não tenho vinculação partidária, nem política com ele. Somos um estado periférico. Quem é do PR fica até intimidado de vir fazer de usar a tribuna para fazer a defesa dele. Lamento inclusive que o padrinho político dele, pó senador Blairo Maggi (PR), não tenha tido coragem de se posicionar e de defendê-lo publicamente”, discursou, em tom de desafio.

Fonte:Olhar Direto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!