PM prende acusado de ajudar na fuga

28/08/2012 08:48

Sinval é um dos líderes da quadrilha especializada em roubo a banco na modalidade “Novo Cangaço” e estava presente no resgate de 35 detentos

Escrito:Por ADILSON ROSA                         Fonte: Diário de Cuiabá

 

LORIVAL FERNANDES/DC
Preso conseguiu furar um bloqueio da polícia na região do Portão do Inferno, em Chapada dos Guimarães, e se escondeu na mata

O assaltante Sinval Machado Xavier, de 31 anos, que estava escondido num matagal na região da rodovia MT-010, que liga Cuiabá ao Distrito da Guia, foi preso por policiais militares. Acusado de ajudar na fuga em massa da Penitenciária Central do Estado, ocorrida na madrugada da última segunda-feira, ele estaria com companhia de mais dois fugitivos – Cicliênio Lourenço de Braz, de 31 anos, e Kelvis Gonçalves da Silva, de 23 anos, que conseguiram fugir após se esconderam na mata. 

Sinval foi localizado, anteontem à tarde, após os policiais passarem com a viatura pela rodovia. Ao ver a aproximação do carro, Silval ficou no acostamento, já Kelvis, que estava junto com ele, correu e não foi localizado. 

Segundo os policiais, Sinval não é fugitivo da PCE, mas deu apoio na fuga de quatro detentos. Na quarta-feira (22) estava num Celta ou num Fox que conseguiram escapar ao cerco policial na região do Portão do Inferno. Os motoristas dos veículos foram presos sob acusação de facilitação de fuga. 

Ele acrescentou aos policiais que caminhou durante quatro dias da região do Portão do Inferno, passou pela região de chácaras da região do Rio Claro e seguiu até a região da Guia, onde se escondeu com os dois foragidos. Ele não soube informar onde estão os outros foragidos. 

Conforme os PMs, Sinval foi preso em janeiro de 2011, junto com mais de 10 integrantes da quadrilha especialista em roubo a banco na modalidade “Novo Cangaço” – que chega com armamento pesado em agências bancárias do interior e faz pessoas como escudo humano. 

Na ocasião, além de Sinval foram presos dois chefes da quadrilha. Sílvio César de Araújo, o “Cabelo de Bruxa”, de 37 anos, Sérgio Nunes da Silva, o “Lacraia”, além de outros dois que fugiram da PCE - Clóvis da Silva Veiga, de 26 anos, Fernando Cícero de Oliveira Mendes, o “Fernando Bombado”, de 24 anos. 

Dos quatro integrantes do bando, nenhum foi capturado. Três deles teriam fugido de avião de Cuiabá para alguma capital do Nordeste.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!