PRF paraliza atividades em todo Brasil

21/08/2012 09:33

 

 

5ª Delegacia de Primavera do Leste também aderiu a paralização e suspendeu os serviços

Escrito:Por Jaqueline Hatamoto          Fonte:Clique F5
 

Fotos: Jaqueline Hatamoto
Cartaz na base da PRF na BR 070 exibe o recado: “Estamos em Greve”

Quem passa pela base da Polícia Rodoviária Federal - PRF de Primavera do Leste, localizada na BR 070, logo vê uma placa com os dizeres “Estamos em Greve”, os Policiais Rodoviários Federais de Mato Grosso decidiram entrar em greve a partir desta terça-feira (21). A decisão foi tomada em Assembleia Geral realizada na última quinta-feira, dia 16. O movimento sindical decidiu que vai parar os serviços para forçar o governo federal a atender a pauta de reivindicações que vem sendo negociada há dois anos com o Ministério do Planejamento.

Esta é a primeira greve geral da PRF em seus 84 anos de existência. “O que nós queremos é reconhecimento de nosso trabalho, estamos lutando pelo que é justo o subsídio do policial rodoviário teve um decréscimo de 7,4%, enquanto outras categorias de servidores públicos federais obtiveram aumento de mais de 104%, por isso desde o mês passado iniciamos a segunda fase da “Campanha de valorização dos Policiais Rodoviários Federais”, queremos a valorização que merecemos” - disse o inspetor da PRF de Primavera do Leste Rocha Neto em entrevista na tarde de segunda-feira (20).
Os números apresentados pela Polícia Rodoviária Federal em todo Brasil são surpreendentes. Em seis anos foram apreendidas 30 toneladas de cocaína, 467 toneladas de maconha, foram recuperados 30 mil veículos roubados cerca de 177 mil pessoas foram roubadas e prestou socorro a 560 mil pessoas acidentadas.
Porém existe uma possibilidade remota de negociação, no dia 23 de agosto será realizada em Brasília uma reunião com representantes do governo e caso a exigência dos policiais seja atendida a greve será cancelada. “O governo já ofereceu um aumento de 15% divididos em 3 anos, porém essa proposta não cobre nem a taxa da inflação, então se torna inviável, esperamos no dia 23 uma nova proposta caso contrário continuaremos parados” - explicou o inspetor Rocha Neto.


Policiais de todo Brasil suspenderam todos os trabalhos de fiscalização de combate ao tráfico de drogas, roubo e furtos de veículos, crime ambiental, crime contra o patrimônio, infrações e delitos de trânsito, emissão de boletins de acidentes entre outros, “só vamos retirar a viatura da base para atender acidentes com vítimas caso contrário o cidadão deverá vir até a base para registrar sua ocorrência.

Não vamos fazer operação-padrão, vamos cruzar os braços e paralisar todos os nossos serviços nas rodovias do País e nas Superintendências, os serviços essenciais e o efetivo mínimo legal serão garantidos, essa é a única forma que temos de manifestar” - ressaltou Rocha Neto.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!