Produtores sofrem com safra e preço do feijão dispara; kg passa dos R$ 4

27/02/2012 15:00

 

Autor: Priscilla Vilela

Fonte:Olhar Direto

Foto: ReproduçãoProdutores sofrem com safra e preço do feijão dispara; kg passa dos R$ 4

O apreciador do bom prato típico brasileiro farto na quantidade de feijão, poderá sentir no bolso a elevação dos preços da saca do grão, repassado aos mercados mato-grossenses pelos fornecedores do sudeste. No comércio, o pacote chega a custar até R$ 4,20 devido à alta do preço da saca, de até R$ 178, conforme apontado pelo Instituto de Economia Agrária (IEA). 

A ‘inflação’ repassada ao estado ocorre em um período onde a produção nos principais centros fornecedores, em São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e em menor quantidade o Goiás, sofrem com as altas chuvas e põe em risco as safras. Assim, ocorre a diminuição do produto em oferta ao passo que, a demanda continua em alta, elevando os preços. 

A cotação para as bolsas do feijão carioca, um dos tipos mais consumidos, chega a R$ 175, sendo repassado no preço ao quilo em até R$ 4,28 em alguns estabelecimentos comerciais. Já o feijão preto, ainda segundo o Instituto de Economia Agrária, o valor do pacote está mais barato que o comum, mais ainda assim segue em alta, em R$ 2,85.

Até a manhã desta segunda-feira (27) 24 mil sacas já haviam sido negociadas, totalizando 16% do produto disponível. Com isso, o mercado respira com a boa entrada do produto e retrai os compradores, estimando embora ligeiramente, a redução nos preços. Para a próxima colheita já é esperada a normalização dos valores com as melhorias nos períodos de safra.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!