Professores da UFMT paralisam as atividades a partir do dia 24

18/08/2011 09:24

Os professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) decidiram pela paralisação a partir do dia 24, na quarta-feira, de forma a protestar contra o Governo Federal. A sinalização do movimento grevista da classe acontece desde o início do ano.

A decisão foi anunciada pelo presidente da Adufmat (Associação dos Docentes da UFMT), Carlinhos Eilert. Entretanto, com a nova prévia decisão, a hipótese de greve para o próximo semestre ainda fica em dúvida para os estudantes.

A manifestação vem ao encontro das reclamações de falta de reajuste salarial num período de 12 anos, o que resulta na perda financeira para os manifestantes de 152%. Além disso, eles protestam também contra a proposta do governo de congelamento de salários dos servidores até 2019.

A UFMT já é a terceira universidade pública do país a suspender as atividades, ao lado das federais de Tocantins,que está há 30 dias parada, e a do Paraná, que suspendeu por tempo indeterminado as atividades na última quarta-feira (17).

Fonte:Olhar Direto


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!