Profissionais da Educação reivindicam novo reajuste

03/03/2012 06:56

A Direção Central do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) protocolizou nesta quinta (1º), na Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a pauta de reivindicação da categoria aprovada pelo Conselho de Representantes, realizado nos dias 11 e 12 de fevereiro, em Cuiabá. O documento trata da valorização profissional (piso, carreira e formação), questões administrativas e previdenciárias, recursos para o setor, entre outros.

Como já havia sido alertado durante a greve da categoria realizada no ano passado, os trabalhadores reivindicam um novo aumento salarial, com remuneração de R$ 1,937 mil para os profissionais com jornada de 30 horas e formação de nível médio. Em 2011, a paralisação durou mais de um mês e o governador Silval Barbosa (PMDB) concedeu reajuste em duas parcelas. O valor pleiteado pelos profissionais só foi conquistado em dezembro.

O Sintep também requisita uma política de equiparação salarial com outras categorias do Executivo Estadual; garantia de profissionalização de todos nos novos concursados nos cargos de técnico administrativo educacional (TAE) e apoio administrativo educacional (AAE); correção e atualização de tabela salarial e a garantia de horas atividades para os professores interinos.

Fonte:Gazeta Digital(Com Assessoria) S.C.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!