Quadrilha de assaltantes é presa

23/12/2011 09:26

O chefe da quadrilha é acusado de assaltos a residências dos bairros Boa Esperança, Jardim Imperial e Petrópolis, nos últimos três meses

Bairro Boa Esperança, em Cuiabá: aqui a quadrilha de adolescentes teria roubado várias casas

O chefe de uma quadrilha formada por adolescentes e que participaram do assalto a residências nos bairros Boa Esperança, Jardim Imperial e Petrópolis, ocorridos nos últimos três meses, foi preso por policiais civis ontem de manhã. Trata-se de Anderson da Silva Vieira, de 25 anos, preso junto com sua namorada, a universitária Manuelle Lourdes Marçal, 21, no bairro Boa Esperança, em Cuiabá. O chefe de uma quadrilha formada por adolescentes e que participaram do assalto a residências nos bairros Boa Esperança, Jardim Imperial e Petrópolis, ocorridos nos últimos três meses, foi preso por policiais civis ontem de manhã. Trata-se de Anderson da Silva Vieira, de 25 anos, preso junto com sua namorada, a universitária Manuelle Lourdes Marçal, 21, no bairro Boa Esperança, em Cuiabá.

Pelo esquema, ele pagava R$ 200 por assalto. Os produtos roubados eram levados para uma quitinete no Boa Esperança, onde ficavam escondidos. Dias depois, retirava os objetos, que eram repassados a receptadores. A quadrilha era formada por 10 garotos cujas idades variam entre 15 e 17 anos.

“Ele tinha uma peculiaridade, porque não colocava os mesmos indivíduos. Ele mesclava os adolescentes. Nos assaltos, Anderson ficava de fora, dando cobertura com seu carro”, afirmou o delegado Roberto Amorim, titular da Derrf.

Na residência do casal os policiais apreenderam diversos produtos roubados, como nove notebooks, dois aparelhos de TV de tela grande, além de jóias, quatro rodas de liga leve, um videogame, entre outros eletroeletrônicos e munições, sendo cinco de fuzil.

Conforme o delegado, com a prisão de Anderson ficam esclarecidos mais de uma dezena de roubos. “Ele (Anderson) alicia os menores e tinha participação maior. Em duas detenções de adolescentes confirmamos a participação dele como mentor”, informou o delegado.

Amorim se referia à prisão de dois garotos – sendo um de 15 e outro de 17 anos – detidos na madrugada do último domingo por policiais militares após roubar um Renault Sandero no centro de Várzea Grande, da professora Noise Curvo.

Localizados na rodovia dos Imigrantes, os dois tentaram fugir de policiais militares, mas acabaram estacionando o veículo no pátio de um posto de combustível.

Na Central de Flagrantes os dois disseram que roubaram o carro apenas “para dar uma volta”. Na gíria policial é conhecido como “rolê”, mas os policiais da Derrf descobriram que o roubo tinha sido planejado.

No dia 8 deste mês mais três adolescentes participantes da quadrilha foram detidos após invadir uma casa no Jardim Petrópolis. Os garotos já foram reconhecidos em outros dois assaltos no bairro Boa Esperança, ocorrido nos últimos meses.

Uma das vitimas procurou a Policia Militar no Plantão Metropolitano e apontou o chefe do bando – um adolescente de 15 anos – como o bandido que estava armado durante a ação criminosa e ameaçava atirar.

O assalto ocorreu no dia 2 de outubro deste ano no próprio Jardim Petrópolis, onde os três garotos renderam o proprietário da residência e roubaram três notebooks, nove celulares e vários outros, como jóias.


Por: ADILSON ROSA
Fonte: Do DC


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!