Quadrilha trocava carros roubados por maconha do Paraguai

19/09/2012 09:44

 

Esquema seria controlado por um detento da Cadeia do Carumbé, com uso de celular

 

Secom-MT

Clique para ampliar 

A PM tem barreiras montadas em pontos considerados estratégicos para impedir o roubo de carrosa

Fonte:Midia News
 

A prisão de A. F. J., de 24 anos, e J. R. P., 21, levou a Polícia Militar a desarticular um esquema de roubo de veículos. Os carros eram levados para o Paraguai e trocados por maconha. 

Para que o veículo atravessasse a fronteira, os criminosos faziam o chamado “dublê de placa” e conseguiam chegar ao país vizinho. 

No mês passado, o esquema movimentou mais de 300 quilos do entorpecente, que chegaram do Paraguai por Mato Grosso do Sul e foram distribuídos nas bocas-de-fumo da Grande Cuiabá (Capital e Várzea Grande). 

O esquema envolvia também o uso de radiocomunicador, através de “olheiros”, para avisar uma aventual chegada da Polícia.

A dupla foi presa na noite de segunda-feira (17), no bairro CPA 4, com a prisão da jovem J. R., que é esposa de um traficante que cumpre pena na Cadeia Pública do Carumbé, na Capital. 

Segundo as informações, de dentro do presídio, ele articularia, com o uso de um telefone celular, o roubo de carros e a compra de maconha.

Com a mulher, os policiais apreenderam uma porção de maconha escondida dentro da residência, quantidade suficiente para autuá-la por tráfico de drogas. Na garagem, foi apreendido um Gol com placas clonadas.

Com  A. F., os policiais apreenderam uma caminhonete GM Captiva, roubada no dia anterior, no bairro Santa Cruz. 

O veículo estava estacionado em frente ao açougue dele, no Jardim Industriário II. 

Os PMs suspeitam que o veículo seria levado para o Paraguai e trocado por maconha.

Além da Captiva, os policiais apreenderam placas de um Honda Civic, que eles suspeitam seria usado para o esquema de clonagem. 

“Nesse esquema (de clonagem), os bandidos usam a placa de um veículo do mesmo modelo, cor e ano. Numa fiscalização rápida, a constatação inicial é de que o veículo está regular”, lembrou um policial plantonista. 

A. F. foi autuado por receptação.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!