Quase metade dos cartões pertence às mulheres

03/07/2012 09:06

 

Uma em cada cinco usa o recurso para acumular pontos de programa de fidelidade

 

Reprodução/R7

 

Se tivessem um aumento de R$ 200 na renda, 23% das mulheres usariam o dinheiro para comprar sapatos e roupas

Fonte:R7
 

De um total de 180 milhões de cartões de crédito usados no Brasil, 84,6 milhões estão nas mãos das mulheres, segundo pesquisa do Instituto Data Popular divulgada nesta segunda-feira (2).

De acordo com o levantamento, realizado no primeiro trimestre deste ano, 19,4% delas usam o dinheiro de plástico para acumular pontos em programas de fidelidade. Para o sócio-diretor do instituto, Renato Meirelles, isso indica que a mulher brasileira está cada vez mais estrategista.

— Ela começa a enxergar nos programas de milhagem uma forma de guardar dinheiro gastando.

Dentre as 15 mil mulheres entrevistadas, 35% afirmam guardar dinheiro. Para 40,7% dessas poupadoras, a grana fica reservada para realizar um objetivo pessoal, enquanto que 39,6% não gastam o dinheiro para garantir segurança financeira.

Poupar é também sinônimo de oportunidade para compras à vista, segundo 16,3% das entrevistadas. Apenas 3,4% delas usam a grana guardada para realizar investimentos lucrativos.

Elas também estão otimistas quanto ao crescimento da renda, informou o estudo. Seis em cada dez entrevistadas acreditam que vai entrar mais dinheiro no bolso até o começo de 2013. Por outro lado, 4% das pesquisadas disseram não acreditar em melhoria financeira.

Se a renda delas aumentasse R$ 200, 66% disseram que o dinheiro seria poupado. Mas a vontade de consumir é evidenciada por 23% das entrevistadas, que usariam o “aumento” para comprar sapatos e roupas.

A preocupação com o corpo também é expressiva: 19% delas disseram que usariam o acréscimo de R$ 200 na renda para frequentar uma academia. Por fim, 8% delas fariam mais visitas ao salão de beleza.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!