Receita descobre esquema de fraude do Imposto de Renda

27/04/2012 08:49

 

 


Receita Federal, Polícia Federal e Ministério Público Federal prenderam ontem (25) um homem, que só teve as iniciais divulgadas (M.C.R.C.), durante a operação Malha 12, que investiga irregularidades em 4 mil declarações de Imposto de Renda no Estado.

Segundo a polícia, ele estaria, desde 2008, vendendo declarações flaudulentas, principalmente à funcionários públicos, com o objetivo de restituir ou reduzir o imposto a ser pago pelos contribuintes. O rombo nos cofres públicos teria ultrapasado os R$ 15 milhões.

O acusado foi encontrado pelo endereço de IP do computador, na Vila Militar. De acordo com informações extraoficiais, ele seria um suboficial do Exército, mas não quis colaborar com as investigações e foi liberado depois de prestar depoimento.

A Receita informou que M.C.R.C. utilizava CPFs inválidos para criar dependentes e recibos médicos e de escolas para serem usados nas deduções. “Mas o que despertou as suspeitas no início das investigações, que começaram no segundo semestre do ano passado, foram deduções exageradas com previdência privada”, disse o delegado do órgão, Flávio de Barros Cunha. Por conta disso, mais cerca de 1,5 mil contribuintes, com declarações dos últimos cinco anos, caíram na operação Malha 12 e terão que prestar contas
 


Por: ADRIANA MOLINA
Fonte: CORREIO DO ESTADO


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!