Servidores fazem manifestação contra OSS

04/09/2012 08:16

 

 

Escrito:Por Flávia Borges, repórter do GD

Servidores estaduais da Saúde se reúnem nesta terça (4), às 16 horas, na Praça da Saúde (em frente ao Ginásio do Colégio São Gonçalo), em uma manifestação contra a gestão das Organizações Sociais (OSS).

O governo estadual aprovou o modelo de gestão no ano passado. Os servidores garantem que, desde então, faltam equipamentos, materiais, insumos, não há manutenção dos prédios e até material para higiene.

Conforme a categoria, a manifestação desta terça tem como objetivo mostrar o sucateamento planejado e a privatização do MT-Hemocentro, MT-Laboratório, SAMU, CRIDAC, Hospital Adauto Botelho, Hospitais Regionais (interior do Estado) e outras Unidades.

“Desde o início de 2011, os processos de licitação para aquisição dos insumos e equipamentos destinados aos órgãos da Saúde não têm sido realizados em MT, com o objetivo de prejudicar os serviços realizados gratuitamente e em benefício da população. A partir dessa atitude, o Governo do Estado e a secretaria de Saúde têm usado a ‘incompetência dos Diretores e dos servidores dos referidos órgãos’ (segundo as palavras do Secretário de Saúde) quanto à falta dos insumos para inserir nas unidades públicas o gerenciamento das OSSs”, diz nota enviada à imprensa.

A categoria espera também que o Conselho Estadual de Saúde (CES) revogue a Resolução 007/2011, que está sendo utilizada pelo governo como justificativa para a transferência das gestões das unidades de saúde para a iniciativa privada.

Os servidores denunciam ainda que a construção do Hospital Infantil, prevista para 2014, está atrelada à privatização de duas unidades de saúde que possuem teto financeiro orçado em milhões (MT-Hemocentro e MT-Laboratório).

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!