Sete PMs eleitos vão voltar a trabalhar até a diplomação; PM de Nortelândia está na lista

18/10/2012 09:50

 

 

Sargento Lobo, de Nortelândia
Após três meses afastados, 56 policiais militares que não se elegeram a cargos eletivos na eleição deste ano vão retornar às funções, conforme portaria divulgada pelo Comando Regional de Polícia Militar de Mato Grosso no Diário Oficial que circula nesta terça-feira (16). Além deles, outros sete PMs que foram eleitos vereadores também irão voltar ao trabalho até a diplomação.
 
Puderam concorrer ao pleito policiais com mais de 10 anos de carreira. Dos PMs eleitos, apenas Pery Taborelli (PV) é coronel. Ele foi eleito vereador em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Três são sargentos e três soldados. Foram eleitos para ocupar o cargo a partir de 2013 os sargentos Roberto Carlos de Moraes (PR), em Brasnorte; Fadel Tavares Câmara (PMDB), em Salto do Céu, e José do Egito Alves Lobo (PSD), em Nortelândia. Também garantiram uma vaga os soldados Álvaro Hawerroth Junior (PTB), em Peixoto de Azevedo; Leonardo Oliveira Araújo (PV), em Poconé, e Marcelo Queiroz (PDT), em Santo Antônio de Leverger.
 
Os eleitos irão retornar às atividades e após a diplomação poderão optar pelo salário de servidor público ou de parlamentar, como prevê o Artigo 38 da Constituição Federal. "Os comandantes regionais deverão fiscalizar o retorno das atividades imediatas dos policiais militares supracitados, publicar a referida apresentação e informar via oficio à diretoria de gestão de pessoas para acompanhamento e controle do efetivo, tanto a apresentação, quanto as possíveis alterações para que sejam tomadas providências", diz trecho da portaria assinada pelo comandante-geral da PM, coronel Osmar Lino Farias.
 
Apesar de ter sido divulgada somente na terça-feira, a portaria foi baixada no dia 9 deste mês, dois dias após a eleição.
 
Fonte: G1-MT

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!