Tarifa Social: Mais de 7 mil consumidores de Mato Grosso devem se recadastrar

10/04/2012 08:23

 


Os consumidores de energia elétrica de Mato Grosso que se cadastraram na Tarifa Social com o Número de Inscrição do Trabalhador (NIT), baseados na resolução 407 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), devem procurar uma agência da Cemat até o dia 31 de maio para realizar o recadastramento. Este procedimento é necessário porque, de acordo com uma nova resolução da Aneel (nº 472), publicada em 31 de janeiro deste ano, o NIT não mais deverá ser aceito para garantir o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica.

 

Para se recadastrar é necessário apresentar um documento oficial com foto, além do Número de Identificação Social (NIS) ou do Número do Benefício (NB), no caso dos clientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Segundo a coordenadora de Processos Comerciais da Cemat, Márcia Panato Passos, 7.535 consumidores mato-grossenses deverão procurar uma agência da concessionária para realizar o cadastro, caso contrário, perderão o benefício. “Em Cuiabá temos 1.748 clientes nessa condição e 982 em Várzea Grande”, explica a coordenadora.

 

A Cemat enviou cartas aos consumidores cadastrados com o NIT, pedindo para que procurem uma agência da empresa. A Tarifa Social de Energia Elétrica é um benefício concedido aos consumidores de baixa renda, cadastrados em programas sociais do governo federal. Os clientes cadastrados podem ter de 10% a 65% de desconto na fatura de energia, de acordo com a faixa de consumo. Atualmente, mais de 111 mil consumidores são beneficiados pela Tarifa Social em Mato Grosso.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!