Trabalhadores do transporte coletivo pleiteiam qualificação profissional

20/10/2011 08:39

Em virtude da realização de jogos da Copa do Mundo de Futebol em Cuiabá, em 2014, a previsão é de que a Capital passe por grandes transformações em diversos setores do serviço público. Um deles - o de transporte coletivo - foi o assunto debatido durante a décima reunião ordinária da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, nesta quarta-feira (19). A reunião foi presidida interinamente pelo deputado Zeca Viana (PDT).

O presidente do Sindicato dos Motoristas Profissionais e Trabalhadores em Empresas de Transporte Terrestre de Cuiabá e região, Olmir Justino Fêo, e o presidente do Instituto dos Rodoviários do Estado de Mato Grosso (Iromat), Ledelvino Conceição, expuseram a preocupação da categoria que representam e suas expectativas frente aos avanços tecnológicos e sociais que o advento da Copa do Mundo trará a Mato Grosso.

De acordo com Olmir, a maior preocupação é à qualificação dos profissionais, que devem se adaptar à evolução do transporte coletivo diante da possibilidade de implantação de um novo modal, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e, também, à modernização no atendimento aos usuários de ônibus coletivo.

“Queremos nos antecipar, por exemplo, à extinção do cargo de cobrador de ônibus. Pois, em virtude do VLT e da modernização corremos o risco de redução do número de vagas para este cargo”, disse Olmir. Segundo ele, hoje, cerca de 10% da frota que circula entre Cuiabá e Várzea Grande já não trabalha com o cobrador. “Nesses casos, o pagamento da passagem é feito previamente pelo passageiro, antes de entrar no ônibus. Isto dá agilidade ao atendimento”.

Atualmente, cerca de 800 cobradores trabalham em 580 ônibus coletivos que circulam entre Cuiabá e Várzea Grande, transportando uma média de 350 usuários por dia. “Conseguimos manter nos quadros das empresas os poucos cobradores que já foram desligados de suas funções nos ônibus, mas queremos apoio para a qualificação dos demais e, assim, garantir estabilidade profissional a esses trabalhadores”, explicou o presidente.

De acordo com o deputado Zeca Viana, a reivindicação dos trabalhadores do transporte, que buscam ajuda para dar a qualificação adequada aos profissionais, será levada ao Governo do Estado, por meio das Secretarias de Ciências e Tecnologia, Assistência Social e a recém-criada Secopa. Entre os cursos almejados pelos trabalhadores estão os de Informática, Motorista de ônibus, Fiscalização do Transporte, Almoxarifado, Línguas (Inglês e Espanhol), entre outros.

“É uma preocupação pertinente, levando em consideração o momento que atravessamos. E a qualificação profissional aos motoristas, cobradores e todos os envolvidos com o setor do transporte público deve acontecer não somente por consequência da Copa do Mundo, mas também para termos mais segurança no trânsito. A conscientização no trânsito passa pela qualificação”, disse Zeca Viana.

TRABALHOS - Da reunião da Comissão de Educação ainda participaram os deputados Baiano Filho e Hermínio Jota Barreto. A reunião teve como convidada a técnica da Secretaria de Estado de Educação, Débora Marques Villar.

Na ocasião foram relatados nove projetos de lei, sendo que o de nº 355/11, de autoria da deputada Luciane Bezerra recebeu emenda do deputado Baiano Filho. Já os projetos de nº 358/11, da deputada Luciane Bezerra; de nº 363/11, do deputado Emanuel Pinheiro; de nº 387/11, do deputado estadual Gilmar Fabris; de nº 434/11, do deputado Emanuel Pinheiro; e nº 457/11, deputado Riva; de nº 458/11, do deputado Sebastião Rezende; nº 460/11, de deputado Luiz Marinho; nº 501/11, do deputado Wagner Ramos; nº 531/11, dos deputados Mauro Savi e Emanuel Pinheiro; tiveram parecer favoráveis, bem como o projeto de lei complementar nº 035/11, da deputada Luciane Bezerra.

As proposituras relatadas favoráveis seguem para a Comissão de Constituição e Justiça da AL. A ementas dos projetos apresentados podem ser conferidas no site da Assembleia Legislativa www.al.mt.gov.br.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!