Traficantes, ladrões perigosos e homicidas escapam em plena luz do dia

13/11/2011 09:08
Pantanal Noticias
Saída do túnel por onde presos escaparam
No momento da fuga, havia apenas um policial na guarda do Cadeião

Fonte:Pantanal Noticias
Mais de uma dezena de presos fugiram do Cadeião de Cáceres, região Oeste de Mato Grosso, na fronteira com a Bolívia. A fuga aconteceu neste sábado, 12, por volta do meio dia. Eles aproveitaram  a hora do almoço dos policiais e quando apenas uma das quatro guaritas de vigilância tinha um PM a postos. Os detentos fugiram por um túnel de aproximadamente 8 metros de comprimento com 80 cm de circunferência, que saiu em baixo de um pé de goiaba e a poucos metros do muro que dá acesso à rua. A ação foi rápida.

Ainda não se sabe ao certo quantos presos fugiram. A Polícia Militar de Cáceres está aguardando  mais efetivo para entrar na Cadeia Pública e acompanhar os agentes prisionais para fazer o “confere” no Bloco 2, alas A e C.  A ação foi rápida. Sabe-se que são bandidos perigosos, já que em Cáceres estão traficantes e ladrões de alta periculosidade, além de homicidas.

Nas duas alas do bloco havia 78 detentos. Mais de 20 podem ter fugido. Apenas dois foram recapturados. Pouco antes da fuga, a Polícia viu um veículo VW Golf cor prata passar várias vezes pelas proximidades.

Tanto a Polícia Militar quanto a Civil estão nas ruas procurando os fugitivos que, segundo informações, teriam se dirigido em direção a Fazenda Rancho Verde, na BR 070, que liça Cáceres a Cuiabá.

Nenhum dos agentes prisionais quis falar sobre a fuga. Um deles se limitou a dizer que a contagem de presos é feita todos os dias após as 16 horas.

Também foi informado que o diretor da unidade está em Cuiabá, onde mora, e só voltaria após o feriado. Somente neste ano, ocorreram 3 fugas e duas tentativas de fuga na Cadeia Pública de Cáceres. Mais de 50 presos fugiram. A população carcerária atualmente é de 380 reeducandos (ou era- o número certo agora só poderá ser informado após a contagem, para ver quantos fugiram). Os dois únicos recapturados foram encaminhados ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania-Cisc.

Na saída do túnel, os fugitivos deixaram as roupas sujas de terra. Eles fogem usando duas roupas, deixando as de cima para chegarem às ruas com roupas limpas.

Um dos policiais militares da guarda externa disse que a fuga estava sendo planejada e eles estavam vigilantes. “Esta semana foi visto um preso jogando terra através de uma grade da janela de uma cela. Foi feita uma vistoria mas nada foi encontrado”. Ainda segundo ele, os presos fugitivos, também chamados de “tatus”, agem rápido. “A chuva de ontem favoreceu e deixou a terra fofa. Eles só não fugiram de madrugada porque não haviam terminado de escavar o túnel, então aproveitaram a hora do nosso almoço. Alguém do lado de fora deveria estar dando as coordenadas via celular”.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!