Travesti de MT paga R$ 8 mil por plástica e morre durante cirurgia

09/02/2012 08:34

 


Uma travesti natural de Nobres (143 km de Cuiabá) morreu durante uma cirurgia de lipoaspiração em uma unidade de saúde em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. A jovem, denominada apenas de “Patrícia”, tem 26 anos.

 Na identidade original, a vítima se chamava Rosenildo Martins. Ela morava na Itália há três anos e veio ao Brasil para passar as férias de fim de ano com a família. Os parentes sabiam da internação, porém, afirmaram não saber onde o jovem seria internado.

 Uma sobrinha da vítima foi até Campo Grande para acompanhar a liberação do corpo pelo Instituto Médico Legal (IML).

 Rosenildo Martins iniciou uma bateria de exames preparativos para a cirurgia plástica ainda em dezembro, e optou por realizar o procedimento no estado vizinho, pelo preço de R$ 8 mil. A unidade de saúde escolhida foi um hospital infantil, que não possuía UTI.

 A decisão do médico de ter praticado a operação mesmo em um hospital não preparado para possíveis eventualidades será acompanhada pelo Conselho Regional de Medicina, que inclusive já abriu sindicância para apurar se houve irregularidade no caso.

Fonte:Primeira Hora


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!