Várzea Grande registra o 1º caso de Dengue Tipo 4

08/02/2012 09:01

 

 

Saúde Pública inicia campanha de prevenção contra a doença na Grande Cuiabá

 

Otmar Oliveira 

Cuiabá e VG estão em estado de alerta para os casos de dengue tipo 4, que já tem um caso registrado

Autor:EUZIANY TEODORO

Fonte:Mídia News

 

A gestante Adriele Cordeiro da Silva, que mora em Várzea Grande é o primeiro caso confirmado da Dengue Tipo 4, em Mato Grosso. Ela passa bem, de acordo com a Secretaria de Saúde da cidade. O tratamento, como para os outros sorotipos da dengue, é sintomático.

Adriele, que está no início da gestação, tem sido medicada de acordo com as dores que sente, febre, desidratação, mas o boletim aponta que ela segue estável. De acordo com a secretaria, ela está sendo monitorada diariamente pela Vigilância Sanitária do município e por médicos do Pronto-Socorro Municipal.

Na manhã desta terça-feira (7), o secretário de Saúde de Cuiabá, Lamartine Godoy, falou sobre como o novo sorotipo, que chegou no Brasil há poucos meses, está sendo evitado na capital, medidas que também devem ser adotadas em Várzea Grande. De acordo com ele, as duas cidades estão sob alerta, pois 100% da população está suscetível ao novo tipo de vírus.

O tipo 4 da dengue é o menos agressivo entre todos, no entanto, a preocupação é a junção dele com um dos outros três, o que pode causar complicações e, até mesmo, a evolução para uma dengue hemorrágica. O tratamento, de acordo com o médico Euze Carvalho, secretário-adjunto, é sempre o mesmo em qualquer um dos casos, ou seja, sintomático.

Em Cuiabá, 320 agentes são responsáveis pela fiscalização e bloqueio químico das residências. Cada um deles faz a visita a 400 imóveis por ano. O Ministério da Saúde recomenda que cada agente fiscalize, ao ano, de 800 a mil imóveis ao ano, portanto, Cuiabá está acima da média nacional, segundo Lamartine Godoy.

A orientação é para que a população procure sempre a unidade básica de Saúde dos bairros. Segundo Lamartine Godoy, cada unidade está preparada para o atendimento à dengue. Além disso, o registro de casos chegam mais rápido à secretaria, que contabiliza os números e define estratégias de combate à doença.

A secretaria disponibilizou dois telefones para contato com a população. Para a denúncia de focos nos bairros, basta ligar no número 65-3617-1680. 

Para buscar ajuda em casos de infecção da doença, o telefone é o 65-3617-1609.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!