Zaeli é multada por omitir presença de transgênicos

11/01/2012 07:54

A empresa Alimentos Zaeli, representada em Mato Grosso pela família do atual prefeito de Várzea Grande Tião da Zaeli (PSD) foi multada em R$ 548 mil por descumprir o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e não informar na embalagem dos alimentos a real quantidade de ingrediente transgênico nos alimentos. Análise de laboratório confirmou a presença de 22% de milho geneticamente modificado na farinha de trigo fabricada pela empresa, e mesmo assim, tal informação não é repassada ao consumidor.

Ao multar a empresa na quinta-feira (05), o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, informou que o Código de Defesa do Consumidor e o decreto 4.680 de 2003 deixam bem claro que “é obrigatório informar no rótulo do alimento a presença de mais de 1% de ingredientes transgênicos”. Informou ainda que o valor da multa deverá ser depositado em favor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos do Ministério da Justiça.

A fiscalização foi coordenada pelo DPDC com os Procons Estaduais de Mato Grosso, São Paulo e Bahia, locais onde a empresa atua. Dentre os diversos produtos coletados para análise, a farinha de milho- Fubá Fino Mimoso, apresentou resultado positivo para a presença de transgênicos sem informar no rótulo do produto.

No site da empresa Zaeli é informado que é uma indústria brasileira de alimentos com mais de 40 anos de tradição e que atua no Brasil, no Mercosul e em alguns países da América, Europa e Ásia. A marca fabrica 21 linhas de produtos, mais 11 itens importados, e ainda 3 linhas de negócios, totalizando mais de 250 skus (variação do produto, como tamanho, sabor, cor ou outra caracterísitica, mas mantendo a mesma marca)
 


Autor: Welington Sabino
Fonte: Do Gazeta Digital


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!