Zeca repudia censura do Crea em vistoria e cobra explicações de Eder

18/12/2011 09:47
Fonte:Olhar Direto  - Julia Munhoz
 

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) emitiu uma nota de repúdio, veemente, manifestando sua insatisfação quanto ao fato de três engenheiros do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Mato Grosso (Crea/MT) terem sido impedidos de participar de uma vistoriar as obras do projeto de mobilidade urbana em execução na Capital, para a Copa do Mundo. Ele disse que irá investigar o caso e cobrou explicações o secretário da Secopa, Éder Moraes.

No ponto de vista do parlamentar a ação foi silenciosa, injustificável e que desperta repúdio e indignação. Viana esclareceu ainda que ele mesmo teria convidado so engenheiros para a vistoria, via ofício, pela Comissão de Acompanhamento das Obras da Copa de 2014 da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, da qual é vice-presidente.

“Por motivos alheios à compreensão, ao se apresentarem prontamente ao chamado da sociedade, os engenheiros não embarcaram com a comitiva. E é por este motivo que venho a público repudiar o fato e fazer o registro de desculpas aos membros do Crea, em especial, aos engenheiros Arquimedes Pereira Lima Neto, Jesse Rodrigues de Barros e Albeci Davi dos Reis, bem como ao presidente Tarcisio Bassan”, lamentou o deputado.

Diante da recusa em autorizarem a participação dos engenheiros na vistoria, o pedetista garantiu que irá apurar o incidente, pois, “se existem forças contrárias à transparência na lida com a Coisa Pública e que queiram impedir a fiscalização do dinheiro público, serei uma barreira a este movimento. E convoco o secretário da Secopa, Éder Moraes -- que assim como eu fazia parte da comitiva -- a se pronunciar sobre o caso e, também, a apurar os fatos. Alguém impediu os engenheiros de fazer a vistoria e vamos descobrir quem foi”.

Na quinta-feira (15) uma comissão de deputados acompanhada do secretário extraordinário da Copa esteve visitando várias obras dos projetos de mobilidade urbana, em Cuiabá, voltadas para o Mundial de 2014. E os engenheiros do Crea acabaram sendo ‘barrados’ e não participaram das visitas.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!